IA gera rostos humanos automagicamente

No futuro próximo, qualquer objeto, animal ou cenário poderá ser gerado matematicamente utilizando-se inteligência artificial

Você conhece o site thispersondoesnotexist.com? Ele foi notícia em 2018 por sua capacidade de gerar rostos humanos realistas usando redes neurais do tipo GAN (redes adversárias generativas), um tipo de técnica moderna baseada em aprendizado de máquina (machine learning).

Cada vez que recarregamos o site, é gerado um novo rosto humano em tempo real, usando um sofisticado algoritmo desenvolvido por pesquisadores da Nvidia. Com o extensivo treinamento das GANs e versões mais atuais da inteligência artificial, o algoritmo se tornou tão bom que uma pessoa comum não é mais capaz de distinguir entre rostos reais e falsos, como os que estão abaixo.

Como funciona esta tecnologia?

O site utiliza um algoritmo de inteligência artificial treinado em um grande número de fotos. Ainda não sabemos ao certo como, mas depois de analizar estas imagens, a IA aprende o que torna os rostos humanos únicos, como por exemplo o fato de termos dois olhos, uma boca, um nariz, duas orelhas, cabelo e, claro, suas respectivas localizações (não podemos ter dois olhos na altura da boca, por exemplo). A rede neural é capaz de entender as nuances dos rostos humanos e recriá-las na hora.

Vale lembrar que essas imagnes não são rostos photoshopados, advindos de uma base de fotos. As imagens são montadas em tempo real através da correta escolha de pixels aleatórios que, juntos, formam um rosto. Em outras palavras, tudo é feito através de pura matemática, que é a linguagem entendida pelo algoritmo.

A mesma técnica pode ser usada para gerar qualquer objeto ou ser vivo, desde cavalos, carros ou até quartos do Airbnb. Para uma explicação mais detalhada, dê uma olhada no vídeo abaixo (em inglês).

Por que é importante saber sobre esta tecnologia?

O nível de progresso nesta área de aprendizado de máquina tem sido exponencial e, muito em breve, tudo o que existe poderá e será falsificado digitalmente de forma fácil e barata. Portanto, será necessário prestar dez vezes mais atenção ao que você recebe de fontes não confiáveis ​​como as mensagens do seu tio maluco no Whatsapp. :)

Outra consequência dessa tecnologia é que muitos modelos profissionais que emprestam seu rosto ou corpo para campanhas publicitárias perderão o emprego. Mesmo os fotógrafos podem estar em perigo, pois a recriação de qualquer imagem, como um pôr do sol, floresta, pássaro ou um ambiente urbano, poderá ser feita artificialmente usando esta técnica. Não é uma questão de 'se' isto irá acontecer e sim 'quando'.

O lado positivo é que a inteligência artificial agora pode ajudar pequenas empresas e pessoas comuns a contratar modelos digitais ou até mesmo atores virtuais com os quais nunca sonharam, e gratuitamente!

Além disso, a técnica de entender e recriar imagens irá auxiliar pessoas com deficiência visual a enxergar o mundo através de descrições em áudio do que a câmera do celular ou de um óculos está vendo.

É impossível prever hoje todas as aplicações positivas ou negativas de novas tecnologias como essa e tudo dependerá de como pesquisadores, eticistas, programadores e gerentes de produto a usem.

Essa área de pesquisa da inteligência artificial explodirá nas próximas décadas e muitas ferramentas e aplicações práticas serão criadas usando essa tecnologia e/ou para nos proteger dela. Se você está estudando ou pensando em cursar ciência da computação, esta é uma das áreas mais quentes da atualidade.

Leave a comment